23 de dez de 2012

Dicas: Quais livros pedir nesse natal?

Ah, o Natal! Aquela época de refletir sobre nossas atitudes, comemorar com quem nós amamos.. E DE LIVROS! Sim, livros! Por que todo apaixonado por livros já pediu um livro de Natal (ou no meu caso, BEM mais que um só livro). Esse é um bom momento para pedir aqueles livros com um precinho mais salgado ou aqueles que você queria tanto comprar e acabou gastando seu dinheiro com outro. De qualquer modo, aqui vai a minha sugestão para vocês pedirem para seus pais, avós, tios, pros vizinhos..

1- O Diário de Anne Frank, Editora Record.
O clássico! Conta a história de Anne Frank, uma garota que viveu em plena Segunda Guerra Mundial. Tendo que viver com a constante ameaça de ser expulsa de seu próprio país, ela e sua família se escondem em um abrigo durante um longo tempo, no qual se dedicou a escrever um diário que mais tarde seria transformado nesse mesmo livro. A história é envolvente, ao mesmo tempo em que é triste e te fazer querer entrar na história e salvar Anne. O fato de ser narrado por Anne, faz com que a Segunda Guerra Mundial seja algo "mais próximo" da nossa realidade e, portanto, diferente daquela que conhecemos nas escolas. Um livro incrível, daqueles em que você lê e relê várias e várias vezes, sem nunca deixar de se emocionar.

2- Contos dos Irmãos Grim, Editora Rocco.
Os irmãos Grim foram dois irmãos responsáveis pela criação de contos que fizeram parte da infância de todos nós, como Cinderela, Branca de Neve ou alguns não tão conhecidos, como O Rei da Montanha de Ouro. Porém, todos essas histórias foram ganhando diferentes versões ao longo do tempo e você poderá conhecer as suas versões originais neste livro. Você pode ler o livro em apenas 2 dias, mesmo ele tendo um número considerável de páginas. É divertido e carrega versões surpreendentes daquelas inocentes histórias com que estamos acostumados.

3- As Vantagens de ser Invisível, Editora Rocco.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

E vocês? Quais outros livros vão pedir pro papai noel? :)

O ULTD está de volta!

Eaí, pessoal?

Depois de 3 meses sem post nenhum (motivos pessoais, me desculpem), o Um Livro Todo Dia está de volta! Nesse tempo, li vários livros e vou postando sobre eles com o tempo. Também teremos novidades aqui, como novos moderadores e novas categorias. As novidades virão com o tempo, e as sugestões serão sempre bem vindas nos nossos comentários! 

Abraços,
Lais.

27 de set de 2012

10 escritores que já "deram as caras" em Os Simpsons!

Como vocês já sabem, uma das coisas mais legais (pelo menos na minha opnião) em Os Simpsons é o fato deles usarem muitas refêrencias da vida real em seus episódios: Filmes, atores, bandas... E escritores! Aqui, você acompanha alguns dos escritores que apareceram em Os Simpsons e fizeram a alegria dos fãs ou foram, no mínimo, garantia de boas risadas.

À esquerda, Neil Gaiman e, à direita, Stephen King.

Neil Gaiman, o cara conhecido pelos seus livros de fantasia e Sci-fi, apareceu em Springfield, cidada fictícia de Os Simpsons, para ensinar Homer, Bart e outros moradores a escreverem um romance com vampiros, trolls e outras criaturas conhecidas da cultura pop atual. Já em outro episódio, Marge estava em uma feira do livro, quando encontrou Stephen King e fez questão de exigir que ele a ligasse quando voltasse a escrever livros de terror.



Durante um episódio em que a família mais estranha do mundo dos desenhos passa na Europa, Lisa encontra J. K. Rowling e lhe agradece por ter usado Harry Potter para transformar uma geração de jovens leitores.





Na mesma feira do livro em que Lisa encontra J. K. Rowling, Amy Tan aparece como o principal motivo da família Simpson ter ido visitar a feira do livro, já que Lisa era sua fã e foi até lá tentar conhecer a escritora.

15 de set de 2012

Eu Quero: Resposta Certa - David Nicholls

Olá, pessoal! Depois de uma fase sem postar (tudo por culpa a minha escola que aplica provas durante a semana toda, sem descanso), voltamos com mais um livro: Resposta Certa de David Nicholls, que eu me lembro bem de ver pelo menos 5 pessoas procurando por ele nos estantes que eu passei da Bienal. Vamos lá? :)

Sinopse: Resposta Certa - David Nicholls. O ano é 1985. Brian Jackson, com uma bolsa de estudos e ótimas notas, acaba de entrar para a universidade. E parece que finalmente conseguirá realizar um antigo sonho: aparecer em um popular programa de perguntas e respostas na televisão, onde poderá demonstrar todo o seu repertório de cultura geral. Após entrar para a equipe da faculdade e passar pela fase classificatória, Brian se prepara para seu primeiro embate televisivo, ao mesmo tempo em que se vê apaixonado por uma de suas colegas de time: a linda, inteligente e assustadoramente elegante Alice Harbinson. Quando Alice se recusa a ceder aos encantos ligeiramente ansiosos de Brian, ele aparece com um plano infalível para conquistar o coração de sua amada de uma vez por todas. Ele vai ganhar o jogo. A qualquer custo. Porque, afinal, todos sabem que o que uma mulher realmente procura em um homem é uma vasta gama de conhecimentos gerais...

Vai ser o meu próximo livro! E vocês, ficaram com vontade de comprar? :)

6 de set de 2012

"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" irá de tornar filme.


Atualmente na televisão com o programa "Agora é Tarde", na Band, Danilo Gentili irá começar a fazer comédia no cinema também. O livro que ensina as milhares de artimanhas de como matar aula, colar em provas etc, irá chegar as telonas por meio da Clube Filmes. Numa entrevista dada ao site UOL, o comediante afirmou que o objetivo é fazer uma comédia "engraçada que faça rir", o que segundo o autor é ainda raro no cinema nacional: "Nos últimos anos, quando vejo comédia nacional no cinema, eu penso: "Nossa, que legal, mas se essa comédia fosse engraçada ou fizesse rir, poderia ser mais legal, não acha?". O foco e o esforço aqui serão para isso"  e que será voltado para o público jovem, que é o foco do projeto. 


O livro é também inspirado na vida escolar de Gentili: No passado, Danilo era um grande piadista e se considerava "o vingador dos rejeitados". Para os alunos que sofrem com a implicância dos outros, o humorista tem uma dica "O lance é zombar de si mesmo antes dos outros, aí perde a graça. Depois, descubra o ponto fraco deles, porque todo mundo tem um". O livro é também uma crítica ao ensino de hoje: "Toda criança é ensinada a obedecer cegamente, sem pensar. A escola te prepara para o trabalho, onde você vai receber ordens do seu chefe. É tudo muito chato". Mesmo assim, o autor finaliza dizendo que o livro não deve ser levado a sério: "O grande objetivo do meu livro é divertir. Ele é uma grande piada sobre isso." As filmagens devem começar em 2013.


Já falamos sobre o livro aqui no blog, e você pode conferir a resenha aqui.

Resenha: Melancia - Marian Keys

O livro de hoje é mais um daqueles livros que estouraram e renderam alguns milhões em direitos autorais para quem os escreveu. Estamos falando de Melancia, o livro escrito por Marian Keys. Poucos sabem, mas ela é, além de escritora, formada em direito, mesmo sem nunca ter exercido a profissão, e que o livro é também o resultado de uma grande batalha na vida pessoal da escritora: Marian morou em Londres por muitos anos e trabalhou como garçonete ou em escritórios. Foi nesse momento que sua luta contra o alcoolismo começou e que rolou até uma tentativa de suicídio por parte dela. E foi no final disso, que a escritora lançou o livro que a fez ficar conhecida e que vamos falar hoje no blog.


Sinopse: Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, paea convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa...

Opnião:
Eu já havia ouvido falar tão bem do livro que resolvi ler. Infelizmente, o livro não foi tudo o que eu achava que seria. O livro é bom, sim. O livro (ou pelo menos o começo dele) também é engraçado e eu adorei durante as primeiras páginas até Claire, a personagem principal, se tornar forçada e com pensamentos altamente fantasiosos. Acredito que a história seja boa, mas senti necessidade de pular certas partes.

Avaliação:


29 de ago de 2012

Dicas de como se tornar um leitor dinâmico

Para entendermos o que é leitura dinâmica, devemos entender um pouco sobre o nosso próprio método de leitura: Quando aprendemos a ler, somos ensinados a dividir as palavras em sílabas para facilitar nossa leitura. Essa técnica é chamada de vocalização das palavras. Desse jeito, as sílabas vão formando as palavras para depois se tornarem frases. Esse modo de ler se torna tão comum que nem percebemos mais que fazemos isso. Porém, um leitor dinâmico aprende a ler por blocos de palavras, por exemplo:

"O verdadeiro analfabeto/ é aquele que aprendeu /a ler e não lê."

Isso faz com que a pessoa não fique presa apenas nas sílabas e comece a captar a ideia do que lê. Seguindo alguns passos você pode aprender a ler desse jeito: 


1- Escolha um lugar melhor: Tenha preferência por lugares em que você não seja atrapalhado, que não tenha grande movimentação de pessoas e que seja bem iluminado e confortável. Qualquer ruído externo pode retirar sua atenção.

2- Não leia em voz alta: O cérebro compreende mais rápido as palavras do que você consegue pronunciá-las. Não perca tempo lendo em voz alta se você consegue compreender o texto melhor.

3- Descubra quantas palavras lê por minuto: Pegue um livro qualquer e conte quantas palavras tem nessa páginas, quantas em média tem nas linhas e quantas linhas tem a tal folha. Multiplique. Depois, conte quantos minutos você demorou para ler essa folha e faça o seguinte cálculo (num tempo de leitura de 47 segundos): 

  1. Tempo de leitura: 47s ÷ 60 = 0,78min
  2. Palavras por folha: 250 >> 250 ÷ 0,78 = 320 pl/min
Essa calculo irá saber quantas palavras você lê antes de começar a treinar.

E vocês? Acham que vale a pena se tornar um leitor dinâmico?



28 de ago de 2012

Amazon adia planos no Brasil

A notícia foi dada pelo jornal Brasil Econômico: Depois da Apple adiar o lançamento da sua versão brasileira da iBookstore, é a vez da Amazon dizer adeus aos planos de ter uma livraria online, pelo menos por esse ano. A razão do adiamento seria a dificuldade em armazenar o depósito da empresa, o que foi considerado estranho para os especialistas. De qualquer jeito, ainda podemos contar com programas que convertam os aquivos em epub para que possamos ler em nossos celulares/tablets até que aconteça uma verdadeira mudança. A esperança é que, após a Apple lançar a sua iBookstore nesse segundo trimestre, a Amazon se sinta pressionada a acelerar os planos. Agora é só torcer!

E vocês, costumam ler em formato digital?

27 de ago de 2012

Rocco revela capa da edição de colecionar de Harry Potter

A Editora Rocco já divulgou as capas da edição de colecionador da série Harry Potter. Ao contrário da edição britânia, a edição brasileira não possui ilustrações. As capas são brancas e os livros contarao com correções para se adequar a nova regra ortográfica. A coleção se encontra em pré-venda no Submarino por R$ 199,00.


Quem é fã e se interessou (ou precisa do link para sair pela casa gritando "Paaai, olha só isso aqui, compra pra mim?" hahaha), basta clicar aqui.


Ah, e falando em Submarino, o site está com uma promoção de 3 livros por R$ 30,00 e são mais de 300 títulos para você escolher! Quem quiser dar uma olhada, clique aqui (e não, esse post não é publicidade da Submarino, mas é que eu mesma já andei olhando os livros por lá haha).

Resenha: O Livro de Julieta - Cristina Sánchez-Andrade

Oi gente! Eu queria pedir desculpas pela demora para postar as resenhas, já que o certo era postar uma a cada dia e eu acabei não entrando nesse fim de semana, estou em semana de prova e acho que vocês sabem o que significa, né? :( Enfim, hoje vou falar sobre O Livro de Julieta que conta sobre a reação de uma mãe ao saber que sua filha possuía Síndrome de Down e sua relação com ela.

Sinopse "O Livro de Julieta: Uma menina com síndrome de Down e A ternura de sua mãe": Um biquíni novo, um passeio de mãos dadas com os irmãos, uma piscina de bolinhas, a chuva, a rotina. Para Julieta, a felicidade é isso. Já para sua mãe, a jornalista espanhola Cristina Sánchez-Andrade, a felicidade é algo um pouco mais complicado, principalmente depois que sua filha foi diagnosticada com síndrome de Down. “Ela vai te fazer companhia a vida inteira”, “É um presente de Deus”, “Você é forte, vai superar” — é tudo o que tem ouvido desde então. Através de memórias, bilhetes, cartas, diálogos e impressões, este livro narra a história real de Cristina e sua filha, uma história de atividades, de trabalho, de cobrança, de médicos, mas também de amor, de carinho, de brincadeiras, de beijos. É a história do cotidiano de uma família e de uma criança muito especial, que é impossível não amar — mesmo quando ela insiste em fazer xixi nas calças todos os dias ou toma detergente enquanto ninguém está olhando."

Opnião: 
O livro é LINDO. Por ser um livro pequeno (160 páginas) você acaba lendo em um dia ou dois, no máximo, e fica com gosto de quero mais depois. A autora consegue escrever com delicadeza sobre uma situação que muitas mães passam ao descobrirem que o seu bebê tem Síndrome de Down, como na primeira folha em que fala "onde está a menina que eu imaginei durante toda a minha gravidez?" e nos diverte com os momentos engraçados de Julieta, sem deixar de ser realista com todas as dificuldades.

Avaliação:

23 de ago de 2012

Resenha: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é uma leitura indispensável para quem gosta de um bom chicklit. Comecei a ler esse ano e não consegui parar de ler a série até ler o último (e acreditem, ainda torço MUITO para lançarem um novo livro). Ele conta a história de Becky Bloom, uma adorável viciada em compras que acaba entrando em algumas encrencas por, digamos assim, seu "defeito". O livro tem uma narrativa leve, te faz rir e você passa pelas 541 páginas (do último livro) sem nem perceber. A série tem 6 livros, nos quais eu vou falar um pouco sobre cada um aqui.


Sinopse: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, primeiro livro da série, conta sobre Rebecca Bloom, uma jornalista especializada na área de finanças e uma compradora compulsiva. Na realidade, ela nada entende de economia, apesar de trabalhar no ramo, vive fugindo do gerente de banco e inventa meios malucos de conseguir pagar seu cartão de crédito. Em meio a isso tudo, conhece Luke Brandom, no qual irá se apaixonar por ele.








Sinopse: Becky Bloom está de volta. E com um cartão de crédito pronto para a ação. É assim que ela encara Nova York, para onde se muda para acompanhar Luke, seu namorado, que troca a Inglaterra por um emprego nos Estados Unidos. A meca mundial do consumo parece um jardim do éden para essa compradora compulsiva. Mas quando começam a chegar suas faturas de cartão de crédito, o paraíso acaba se transformando numa verdadeira sucursal do inferno na Terra.Um romance hilariante que chegou às principais listas de mais vendidos da Inglaterra. E com o qual todas as mulheres acabam se identificando.




Sinopse: Pela primeira vez a vida de Becky parece estar nos trilhos. Ela conseguiu um emprego de consutora de compras, no qual gasta o dinheiro de outras pessoas, e ainda é paga por isso. Mora num ótimo apartamento em Manhattan com Luke, o homem de sua vida, com quem abriu até mesmo conta conjunta! Então Lukea pede em casamento. E a confusão se instala na vida do casal. A mãe dela quer um casamento na Inglaterra. A sogra, uma festa de cinema em Nova York. Becky precisa escolher onde vai se casar, mas não consegue, perdida na preparação de listas de presentes, provas de vestidos e escolha de bufê. O tempo vai passando. E ela, de repente, percebe que está em grandes apuros. Como conciliar duas cerimônias no mesmo dia, na mesma hora e em dois continentes diferentes? Tudo bem, o noivo é o mesmo. Mas será que ele vai resistir a tamanha confusão? As listas de casamento de Becky Bloom é mais um romance muito divertido de Sophie Kinsella sobre uma mulher que não tem o menor controle sobre o seu cartão de crédito.

Sinopse: Becky Bloom achou que casar com Luke Brandon seria uma caixinha da Tiffany cheia de felicidade. Mas, honestamente, a coisa não é um sonho como ela esperava. O problema começou na lua-de-mel, quando contou uma mentirinha minúscula a Luke, sobre uma comprinha de nada. Agora ela está com o orçamento contado, não tem emprego e, pior de tudo, sua querida amiga Suze tem uma nova “melhor amiga”. Becky está na maior deprê quando recebe uma notícia incrível: ela tem uma irmã, há muito tempo perdida, sumida, esquecida! Becky nunca esteve tão em-pol-ga-da!!! Finalmente uma irmã de verdade! Elas podem fazer compras juntas... escolher sapatos juntas... fazer as unhas juntas... Até que ela tem o maior choque da vida. Não pode ser verdade! Não é possível que a irmã querida de Becky Bloom possa... odiar compras!!! Socorro!!!

Sinopse: A vida de nossa querida Becky Bloom vai muito bem, obrigada! Além de estar trabalhando numa loja como compradora pessoal, ela e Luke estão à procura de uma casa nova (um lugar bem espaçoso, com direito a um closet só para guardar os sapatos!) e...Becky está grávida!!! Nossa amiga gastadora não poderia estar mais feliz - sobretudo porque descobriu que fazer umas comprinhas é ótimo para enjôos matinais. E tudo tem de estar perfeito para o bebê - a decoração do quarto, o carrinho de última geração e a obstetra mais badalada da cidade. Mas surge um probleminha - a doutora famosa nada mais é que uma ex-namorada de Luke. Ao que parece, a gravidez de Becky não vai ser tão tranqüila...


 Sinopse: Becky Bloom está casada com o homem de seus sonhos, Luke, e tem uma filha de dois anos, Minnie, que parece seguir desde já o gosto da mãe por compras e pela moda. Mas criar a filha é muito mais complicado do que parecia ser, pois a garotinha cria confusões por onde passa. E quando Becky decide dar uma festa surpresa para Luke, não será uma tarefa fácil manter os preparativos em segredo do marido.








E vocês, já leram algum? :)

22 de ago de 2012

Resenha: O Guia dos Curiosos - Marcelo Duarte

Se tem um gênero de livro que eu gosto mesmo de ter sempre, é algum de curiosidades. Não é bem o tipo de livro que você se senta para ler, mas do tipo que você pega enquanto estiver numa fila e começa a ler até chegar sua vez. Um dos meus favoritos é O Guia dos Curiosos, do Marcelo Duarte, que fala de tudo um pouco:

Sinopse: O Guia dos Curiosos, de Marcelo Duarte, completou 10 anos. E para comemorar a ocasião a Panda Books o lançou uma nova edição totalmente reformulada. O livro ganhou novo projeto gráfico, novas ilustrações e outras 160 páginas de curiosidades inéditas. Tem agora 700 páginas! Em dez anos de vida, o grande almanaque de informações úteis e inúteis ficou 16 semanas em primeiro lugar na lista dos mais vendidos e foi o livro de não-ficção mais vendido em 1995. Vendeu cerca de 189 mil exemplares. E já que somos curiosos de verdade, veja o que daria para fazer com tanto livro: Cada exemplar pesava cerca de 720 gramas. Juntos, os livros se igualariam na balança a 21 elefantes africanos, que pesam 6,5 toneladas cada. Cada exemplar tinha 21cm de comprimento. Se todos fossem enfileirados na horizontal, um ao lado do outro, dariam três voltas em torno da Terra, pela Linha do Equador. Com os 189 mil exemplares de O Guia dos Curiosos vendidos, seria possível dar um livro para cada habitante da cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo.A área de um exemplar era de 273cm². Se todos fossem dispostos lado a lado, formariam uma área equivalente a de 12,3 quadras de basquete. Nesta nova edição atualizada, o livro pesa 770 gramas e tem 2,8 cm de espessura.

Opnião: 
O livro é ótimo e tira todas aquelas dúvidas que surgem no dia-a-dia e você não tem como responder ou aquelas curiosidades que você nem sabia que tinha. Aprendi muito com o livro, sério mesmo. E deixo ele sempre na bolsa para quando quiser reler, por que não me canso dele e sempre tem alguma coisa nova para aprender que eu não lembrava da última vez que havia lido. Recomendo mil vezes! hahaha

Avaliação:

Quer achar um A Culpa É das Estrelas perdido por aí de propósito?

Imagine a seguinte situação: Você está num metro, ônibus, num parque ou qualquer outro lugar de grande concentração de pessoas e acha um exemplar de A Culpa É das Estrelas (já falei que esse é meu livro favorito?) por lá sem o dono. É claro que pode ocorrer de alguém tê-lo perdido, mas existe chances de ter sido deixado de propósito pela Editora Intríseca, responsavél pela distribuição do livro por aqui. A ideia é que, depois de encontrado, o livro seja lido por alguém que ainda não o leu para que também conheça a história de Hazel e Augustus e depois seja deixado novamente para que mais pessoas o leiam. Segue abaixo o depoimento de uma moça chamada Ariane Vieira Elias, que já encontrou um dos livros.


E vocês? Já leram o livro? :) O que acharam?

Resenha: O Diário de Um Banana - Jeff Kinney


Diary Of A Wimpy Kid ou Diário de Um Banana (nome no Brasil) é uma série de livros escritos e ilustrados por Jeff Kinney, um criador de jogos online. No começo, o livro era apenas um esboço que acabou sendo publicado na Internet até que a editora New York Times decidiu publica-lo. A partir daí, foi só sucesso: A história de Greg Heffley, um menino que precisa lidar com os pais, a escola, popularidade (ou o desejo de tê-la) e seus irmãos, virou um best seller publicado em 28 línguas diferentes e com milhões de cópias vendidas. O sucesso foi tão grande que o livro virou filme e estreou dia 19 de Março, dando espaço para boatos de que um segundo filme estará a caminho, além de um video game com o mesmo nome. Além de tudo, foi nomeado três vezes para o New York Times: Best Seller, cinco vezes para o Kids Choice Awards, uma pela ALA e nomeado o Livro Preferido no Mundo em 2010.


Todos os livros lançados até agora.
No primeiro livro (capa vermelha) da série, Greg só tem um objetivo: Ser popular. Até que percebe que seu amigo Rowley é melhor nisso do que ele, e acaba colocando toda a sua amizade à prova. Já no segundo (capa azul) Greg tem um segredo e está disposto a tudo para mante-lo longe do conhecimento das pessoas, ao contrário do irmão que faz tudo para estragar seus planos. No terceiro, capa verde, o pai de Greg resolve levar o filho para praticas esportes e cabe a ele fazer com que essa situação se resolva. No quarto, Greg está de férias e só quer ficar em casa jogando videogame, mas sua mãe resolve que ele precisa passar mais tempo ao ar livre e pensa que a melhor maneira é levar todas as pessoas da família para programas que ao invés de aproxima-los mais, vão acabar se tornando uma verdadeira furada. No quinto, Greg conhece as baladinhas, os problemas da adolescencia e sente falta do seu amigo para lhe ajudar. No sexto e último a ser lançado, está nevando muito e Greg acaba ficando preso em casa. Sem luz, comida e o pior: Com sua mãe e seus dois irmãos juntos! Para Greg, não tem como ser pior.

Opnião:  
Não tem como não gostar dos livros! Antes eu achava que, pela capa, seriam livros de criança, bobinhos e sem graça. Porém, eles são gostosos de ler, divertidos e inusitados. Infelizmente, os livros tem 224 páginas, todos eles, o que faz com que você fique louca para ler o próximo (talvez seja por isso que desde 2008, todos os livros lançados chegam ao topo dos mais vendidos). Recomendo para quem gosta de leituras rápidas e divertidas.

Avaliação: 

21 de ago de 2012

Resenha: Como se Tornar o Pior Aluno da Escola - Danilo Gentilli

Oi gente! Hoje vim apresentar para vocês alguns dos livros que comprei lá na Bienal: Como se Tornar o Pior Aluno da Escola do Danilo Gentilli, ex-apresentador do CQC e que hoje comanda o seu próprio programa, o Agora é Tarde. Eu, que sempre fui fã do programa, descobri sobre esse livro e já queria ler a muito tempo, mas acabei lendo outros livros e só fui comprar agora. De qualquer jeito, o livro valeu muito a pena - e eu vou falar disso logo após a resenha. (Além disso, hoje é a estréia do nosso termômetro de avaliação! haha)


Danilo Gentili foi o pior aluno da escola. Em seu histórico escolar acumulou 78 assinaturas no livro negro, 12 suspensões e 1 expulsão. Na infância ele já dava mostras de seu futuro: aos 4 anos fez sua primeira piada inconveniente e aos 7 começou a desenhar planos terríveis. Apesar de ter sido expulso algumas vezes da sala de aula da faculdade, conseguiu formar-se em Comunicação Social. Após a expulsão de vários empregos, ajudou a erguer o cenário da Comédia Stand-up no país e foi convidado para integrar o programa de humor CQC – Custe o que Custar. Em sua primeira matéria para o programa conseguiu ser expulso do zoológico e a primeira vez em que visitou Brasília foi expulso do Congresso. Ou seja, se existe alguém neste mundo que sabe como é ser o pior aluno e, ainda assim, se dar muito bem, este sujeito é Danilo Gentili, que, além de tudo isso, acaba de lançar seu primeiro livro: Como se tornar o pior aluno da escola - Manual completo, ilustrado, revisado e não recomendado para estudantes, com textos e ilustrações de sua autoria (os anos de rabiscos pelos cantos dos cadernos tinham que render alguma coisa!).


Opnião:
Como ser o Pior Aluno da Escola, não trata de um assunto super importante ou usa uma linguagem mega complicada. Ainda assim, é um ótimo livro pra quem só precisa de uma leitura leve, daquelas para ler antes de dormir. É engraçado e fala sobre situações que você com certeza já ouviu falar ou passou por alguma. Li em um só dia (apesar de ser um pouco grossinho, ele é repleto de ilustrações feitas pelo próprio Danilo).

Avaliação: 


Curiosidade: Tatuagens Literárias

Eu não sei vocês, mas eu mesma não tenho coragem de fazer tatuagens. São bonitas, fofas, mas eu me conheço o suficiente para saber que posso acabar me arrependendo - sim, eu sou dessas que mudam de ideia muito rápido. De qualquer jeito, se eu fosse fazer uma, certamente seria sobre livros.. Algum personagem, uma frase de A Culpa é das Estrelas (meu livro favorito!) ou alguma coisa assim. Aqui, resolvi postar as minhas tatuagens favoritas e um pouco sobre os livros que basearam essas tatuagens e quem sabe inspirar você aí que pensa em fazer uma! hahah Vamos lá? :) 


O Mochileiro das Galáxias: Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse. Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.



O Pequeno Príncipe: O pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância.De repente retorna os sonhos. Reaparece a lembrençade questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíves na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.




O Sol É Para Todos: Sucesso desde a sua publicação, em 1960, "O Sol É Para Todos", de Harper Lee, se mantém como um dos romances mais adorados em todo o mundo. Acompanhando três anos da vida dos jovens Jem e Scout Fincher numa terra de profundo preconceito racial, a história é pontuada pelo caso de um homem negro injustamente acusado do estupro de uma garota branca numa pequena cidade do Alabama. Retrato fiel do terreno sulista norte-americano no início dos anos 1930, foi eleito pelo americano Librarian Journal o melhor romance do século XX. Além disso, uma recente pesquisa com bibliotecários ingleses colocou a obra no primeiro lugar da lista dos livros mais importantes de todos os tempos - na frente, inclusive, da Bíblia e da trilogia O senhor dos anéis, de J.R.R. Tolkien. Scout, a narradora da trama, e Jem, seu irmão mais velho, são filhos do advogado Atticus Fincher, designado a defender Tom Robinson - acusado de estupro. Sobre esse pano de fundo, por meio de uma narrativa divertida e precisa, as duas crianças e seu amigo Dill passam a conhecer o estranho mundo em que vivem, encontram personagens inesquecíveis (Calpúrnia, Dolphus Raymond e, especialmente, o recluso Boo Radley) e descobrem os significados de palavras como respeito e tolerância.


Esse não é livro, mas não tinha como não falar: Mafalda foi desenhada pelo argentino Quino e apresenta uma menina preucupada com a paz, a Humaninada e se rebela contra o mundo atual. Apareceu de 1964 á 1973.







Esses são meus favoritos.. E vocês, quais mais tatuariam?

Resenha: Um Porto Seguro - Nicholas Sparks

Acho que todos vocês já conhecem o Nicholas Sparks, não é? Ele é o autor de Diário de uma Paixão, Um Amor Para Recordar, O Milagre, Noites de Tormenta, Querido John, A Última Música... Enfim, todos esses livros que a maioria de nós já lemos pelo menos um. “Safe Haven” (Porto Seguro) é o próximo lançamento do autor e será lançado no próximo dia 15 e já se tornará filme: A produtora Relativity Media comprou os direitos legais do filme no final de 2011 e agora estão em fase de convocação de atores e produtores. A roteirista Dana Stevens, de Cidade dos Anjos, e o diretor Lasse Hallstrom de Querido John estarão nessa empreitada. A maior surpresa é a presença de Keira Knightley, de Piratas do Caribe, para interpretar Katie, uma mulher que se muda para Southport, na Carolina Do Norte. Ela é uma pessoa fria, determinada a não formar laços afetivos que acaba vivendo situações que a leva a criar relacionamentos mesmo sem querer, o que levanta questões sobre seu passado e sobre um segredo sombrio que ela tanto esconde.

Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

E vocês, o que acharam? Vão comprar o livro no lançamento? :)

19 de ago de 2012

Bienal do livro termina após receber 750 mil visitantes

Após o fechamento da 22º edição da Bienal do Livro de São Paulo terminou e com isso, começam a sair alguns números do evento. Ao todo, foram 750 MIL VISITANTES, sendo que só no último sábado (eu fui nesse!!), foram 123 mil, batendo os recordes do evento. Foram mais de mil autores, entre os famosos e os que ainda estão começando. O lema da edição foi uma homenagem a Jorge Amado, cujo centenário foi celebrado no dia 10 de agosto deste ano. Outro que foi homenageado por seu centário, foi o escritor Nelson Rodrigues. Foram 480 expositores, entre editoras brasileiras, japonesas, colômbianas e espanholas.

Foto tirada por mim, no sábado, logo pela manhã (18/08/2012).
E vocês foram em algum dia? Se foram, o que acharam? Conheceram alguém famoso ou passaram por uma situação engraçada? :) Deixem suas memórias nos comentários!

Conheça a maior livraria do mundo


Olá pessoal! Tudo bem? Pois bem, ontem (sábado, 18/08/12) fui até a Bienal do Livro e me deparei com MUITA gente por lá. Lá pelas 2:00 da tarde, era quase impossível andar por lá em linha reta, era quase como um labirinto. Mas voltando ao assunto do post, isso me fez pensar em qual seria a maior livraria do mundo e pesquisando pela Internet, conheci a Barnes & Nobles, lá de New York.



Criado por Charles M. Barnes, William Barnes G. e Clifford Noble, essa é a maior livraria varejista dos Estados Unidos, por meio da sua cadeia de livrarias Barnes & Noble Booksellers, que fica na Quinta Avenida de Manhattan (para quem não conhece, é ela que estão as maiores marcas do mundo). Eles também investem em Shopping Centers e quase todos tem uma de suas lojas funcionando. Dentro de algumas lojas, você pode tomar um café no Starburks enquanto compra livros com descontos incríveis. A maioria das lojas vendem, além de livros, revistas, jornais, DVDs, graphic novels, jogos, músicas e itens para presente. A companhia tem 798 lojas, em 50 estados do país, com 40.000 empregados (em 2008, número que já deve ter crescido) e obtém um lucro de $5.4 bilhões de USD.

Uma das lojas da Barnes & Noble.