27 de set de 2012

10 escritores que já "deram as caras" em Os Simpsons!

Como vocês já sabem, uma das coisas mais legais (pelo menos na minha opnião) em Os Simpsons é o fato deles usarem muitas refêrencias da vida real em seus episódios: Filmes, atores, bandas... E escritores! Aqui, você acompanha alguns dos escritores que apareceram em Os Simpsons e fizeram a alegria dos fãs ou foram, no mínimo, garantia de boas risadas.

À esquerda, Neil Gaiman e, à direita, Stephen King.

Neil Gaiman, o cara conhecido pelos seus livros de fantasia e Sci-fi, apareceu em Springfield, cidada fictícia de Os Simpsons, para ensinar Homer, Bart e outros moradores a escreverem um romance com vampiros, trolls e outras criaturas conhecidas da cultura pop atual. Já em outro episódio, Marge estava em uma feira do livro, quando encontrou Stephen King e fez questão de exigir que ele a ligasse quando voltasse a escrever livros de terror.



Durante um episódio em que a família mais estranha do mundo dos desenhos passa na Europa, Lisa encontra J. K. Rowling e lhe agradece por ter usado Harry Potter para transformar uma geração de jovens leitores.





Na mesma feira do livro em que Lisa encontra J. K. Rowling, Amy Tan aparece como o principal motivo da família Simpson ter ido visitar a feira do livro, já que Lisa era sua fã e foi até lá tentar conhecer a escritora.

15 de set de 2012

Eu Quero: Resposta Certa - David Nicholls

Olá, pessoal! Depois de uma fase sem postar (tudo por culpa a minha escola que aplica provas durante a semana toda, sem descanso), voltamos com mais um livro: Resposta Certa de David Nicholls, que eu me lembro bem de ver pelo menos 5 pessoas procurando por ele nos estantes que eu passei da Bienal. Vamos lá? :)

Sinopse: Resposta Certa - David Nicholls. O ano é 1985. Brian Jackson, com uma bolsa de estudos e ótimas notas, acaba de entrar para a universidade. E parece que finalmente conseguirá realizar um antigo sonho: aparecer em um popular programa de perguntas e respostas na televisão, onde poderá demonstrar todo o seu repertório de cultura geral. Após entrar para a equipe da faculdade e passar pela fase classificatória, Brian se prepara para seu primeiro embate televisivo, ao mesmo tempo em que se vê apaixonado por uma de suas colegas de time: a linda, inteligente e assustadoramente elegante Alice Harbinson. Quando Alice se recusa a ceder aos encantos ligeiramente ansiosos de Brian, ele aparece com um plano infalível para conquistar o coração de sua amada de uma vez por todas. Ele vai ganhar o jogo. A qualquer custo. Porque, afinal, todos sabem que o que uma mulher realmente procura em um homem é uma vasta gama de conhecimentos gerais...

Vai ser o meu próximo livro! E vocês, ficaram com vontade de comprar? :)

6 de set de 2012

"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" irá de tornar filme.


Atualmente na televisão com o programa "Agora é Tarde", na Band, Danilo Gentili irá começar a fazer comédia no cinema também. O livro que ensina as milhares de artimanhas de como matar aula, colar em provas etc, irá chegar as telonas por meio da Clube Filmes. Numa entrevista dada ao site UOL, o comediante afirmou que o objetivo é fazer uma comédia "engraçada que faça rir", o que segundo o autor é ainda raro no cinema nacional: "Nos últimos anos, quando vejo comédia nacional no cinema, eu penso: "Nossa, que legal, mas se essa comédia fosse engraçada ou fizesse rir, poderia ser mais legal, não acha?". O foco e o esforço aqui serão para isso"  e que será voltado para o público jovem, que é o foco do projeto. 


O livro é também inspirado na vida escolar de Gentili: No passado, Danilo era um grande piadista e se considerava "o vingador dos rejeitados". Para os alunos que sofrem com a implicância dos outros, o humorista tem uma dica "O lance é zombar de si mesmo antes dos outros, aí perde a graça. Depois, descubra o ponto fraco deles, porque todo mundo tem um". O livro é também uma crítica ao ensino de hoje: "Toda criança é ensinada a obedecer cegamente, sem pensar. A escola te prepara para o trabalho, onde você vai receber ordens do seu chefe. É tudo muito chato". Mesmo assim, o autor finaliza dizendo que o livro não deve ser levado a sério: "O grande objetivo do meu livro é divertir. Ele é uma grande piada sobre isso." As filmagens devem começar em 2013.


Já falamos sobre o livro aqui no blog, e você pode conferir a resenha aqui.

Resenha: Melancia - Marian Keys

O livro de hoje é mais um daqueles livros que estouraram e renderam alguns milhões em direitos autorais para quem os escreveu. Estamos falando de Melancia, o livro escrito por Marian Keys. Poucos sabem, mas ela é, além de escritora, formada em direito, mesmo sem nunca ter exercido a profissão, e que o livro é também o resultado de uma grande batalha na vida pessoal da escritora: Marian morou em Londres por muitos anos e trabalhou como garçonete ou em escritórios. Foi nesse momento que sua luta contra o alcoolismo começou e que rolou até uma tentativa de suicídio por parte dela. E foi no final disso, que a escritora lançou o livro que a fez ficar conhecida e que vamos falar hoje no blog.


Sinopse: Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, paea convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa...

Opnião:
Eu já havia ouvido falar tão bem do livro que resolvi ler. Infelizmente, o livro não foi tudo o que eu achava que seria. O livro é bom, sim. O livro (ou pelo menos o começo dele) também é engraçado e eu adorei durante as primeiras páginas até Claire, a personagem principal, se tornar forçada e com pensamentos altamente fantasiosos. Acredito que a história seja boa, mas senti necessidade de pular certas partes.

Avaliação: