6 de set de 2012

Resenha: Melancia - Marian Keys

O livro de hoje é mais um daqueles livros que estouraram e renderam alguns milhões em direitos autorais para quem os escreveu. Estamos falando de Melancia, o livro escrito por Marian Keys. Poucos sabem, mas ela é, além de escritora, formada em direito, mesmo sem nunca ter exercido a profissão, e que o livro é também o resultado de uma grande batalha na vida pessoal da escritora: Marian morou em Londres por muitos anos e trabalhou como garçonete ou em escritórios. Foi nesse momento que sua luta contra o alcoolismo começou e que rolou até uma tentativa de suicídio por parte dela. E foi no final disso, que a escritora lançou o livro que a fez ficar conhecida e que vamos falar hoje no blog.


Sinopse: Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, paea convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa...

Opnião:
Eu já havia ouvido falar tão bem do livro que resolvi ler. Infelizmente, o livro não foi tudo o que eu achava que seria. O livro é bom, sim. O livro (ou pelo menos o começo dele) também é engraçado e eu adorei durante as primeiras páginas até Claire, a personagem principal, se tornar forçada e com pensamentos altamente fantasiosos. Acredito que a história seja boa, mas senti necessidade de pular certas partes.

Avaliação:


4 comentários:

  1. ah eu tneho o livro aqui em casa, ainda nao tive tempo de ler, pena q vc nao gostou né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena tentar ler, né?! Mas eu não achei que seja tudo o que falam dele não! ):

      Excluir
  2. Caramba, finalmente alguém que tenha a mesma opinião que a minha. Escuto pessoas fazendo mil elogios a esse livro e eu sinceramente não entendo o por quê.

    http://valvula-de-e5cape.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Eu preferia ter gastado a grana do livro em outros que eu quero, mas valeu de experiência! hahah

      Excluir